PALHAÇOS ATACAM NOVAMENTE

PALHAÇOS ATACAM NOVAMENTE

Falar o que após ver o vídeo em que os PALHAÇOS armados deixam nua uma escrivã que estava sobre investigação de desvio de conduta por aceitar propinas.

Dizer o que do tão preparado aparato militar que diz que realiza a nossa segurança e protegem a população e os cidadãos de bens?Nada a declarar porque a reportagem a seguir, deixa-nos indignados com tal acontecimento e conduta dos supostos defensores que para mim são piores que bandidos.

Não defendendo a escrivã do suposto desvio de conduta por causa das propinas, fato esse comprovado realmente, ela terá que arcar com as conseqüências jurídicas. Nesse exato momento estamos diante de pessoas que seriam a solução para resolver crimes, e ao invés de solucionar os mesmo estão descumprindo leis que proíbem esse tipo de conduta com mulheres e constrangendo e humilhando a pessoa.

Precisava realmente agir dessa forma?

O mais engraçado é a postura da corregedoria que achou normal a atitude dos policiais – alias dos palhaços – presentes no vídeo e me causou mais ironia a divulgação do governador que se pronunciou dizendo que deveriam apurar de que forma esse vídeo veio a conhecimento publico. Ora senhor Governador, não me faça se arrepender mais ainda de lhe depositar confiança para estar diante do estado, porque a sua postura deveria ser de mandar prender essas pessoas IMEDIATAMENTE e sem segunda conversa.

Há tempos digo que esses palhaços irão fazer a segurança para a COPA e são esses mesmos que “tratam” com toda a gentileza do mundo a população que freqüenta os estádios e prender que é bom os que fazem a algazarra, longe disso. Preferem proibir as festas nos estádios, bandeiras, faixas, instrumentos e etc e etc.

Realmente não podemos nos sentir seguros com pessoas assim que DIZEM nos proteger, porque se a mesma estava sendo investigada é uma coisa e não vamos defender possíveis safadezas de maneira nenhuma, mas tratar uma mulher de forma humilhante a deixando pelada na frente de vários homens, isso já é demais. Não sabemos se estamos seguros com os policiais e nem com os bandidos na rua.

A situação de perigo é igual em ambos os casos.

POLICIA QUEM PRECISA DE POLICIA?

DESSA FORMA?MUITO OBRIGADO!

COMO DIZ O MANO BROWN DOS RACIONAIS MC’S: A MINHA SEGURANÇA EU MESMO FAÇO, COM FÉ EM DEUS, PORQUE ELE É JUSTO!

VAI CORINTHIANS!!

Anúncios

CORINTHIANS OFICIALIZA SAIDA DO CLUBE DOS 13 – SIGA-ME OS BONS:PARA QUÊ SERVE O CLUBE DOS 13?

O CORINTHIANS OFICIALIZOU a sua saída do clube dos 13, coisa essa que deveria já ter sido realizada há muito tempo, porque esse tal clube não serve para nada uma vez que não defende os interesses dos clubes da maneira correta a qual deveria fazer.

Criado nos anos 80, o clube dos 13 deveria ter a finalidade de organizar uma liga independente de futebol nos moldes europeus, aonde os clubes tivessem um maior lucro em transmissões, receitas e que seus interesses fosses totalmente defendidos, mas ao passar dos anos o que vimos foram lutas por egos, cargos e uma rivalidade desnecessária com a Confederação Brasileira de Futebol.

O CORINTHIANS age de maneira correta se essa desfiliação acontecer, uma vez que pode negociar a sua cota de transmissão individualmente como ocorre fora do país e ganhar muito mais com isso, porque uma coisa que devemos deixar é ser cegos e incompetentes quando o assunto é gestão econômica: ganha mais quem produz mais e ponto final. Não podemos nos limitar aceitar uma quantia igualmente a daqueles que nem audiência tem e certo é que se o valor recebido satisfatório, nada disso estaria acontecendo.

E a preocupação já começa a ocorrer com os interessados em transmitir os jogos no período de 2012 a 2014, porque a Mulambada parece que tomará o mesmo caminho do CORINTHIANS e a emissora que comprar o direito de transmissão e não tiverem os dois maiores times em torcida no Brasil com jogos a serem televisionados, será de um prejuízo imenso. Por isso a preocupação da galera do Bispo e já proponho que comecem a recolher mais o dizimo, senão não terão dinheiro para pagar o TODO PODEROSO.

Espero que os outros clubes acordem em relação à receita a que tem de receber por jogos televisionados e acabem de vez com essa bosta de clube dos 13 e organizem uma liga nos moldes europeus e atualizem o calendário Brasileiro igual ao da Europa. É inadmissível que um time profissional tenha somente de 10 a 12 dias de preparação para começar a temporada de futebol. Ninguém em sã consciência consegue colocar uma equipe preparada fisicamente para agüentar essa rotina e isso tem que acabar e a meu ver o clube dos 13, deveria ter essa missão de defender os clubes nesse sentido.

Coisa que não faz e nem liga o mínimo para a forma e preparo dos jogadores, o importante é dinheiro no bolso e dane-se a qualidade da competição.

ATUALIZANDO:

Para mantermos atualizados e por dentro dos assuntos o CORINTHIANS oficializou sim o seu desligamento da entidade que leva o nome de clube dos 13 ou clube dos 13 endividados e roubados?Não sei, fica a caráter de qualquer um chamar da maneira que quiser.

E para a surpresa de todos, hoje os quatro grandes clubes do “riobalas” (existem grandes clubes por lá?) divulgaram nota em que afirmam que a negociação para a transmissão de seus jogos no próximo ano, será discutida de maneira conjunta e não sobre a vigência do clube dos 13. Bom sinal, isso mostra que os clubes estão acordando. Nenhum clube no Brasil pode ficar escravo de entidades que negociem quanto querem pagar e não o valor que vale realmente.

O presidente Andres Sanchez descobriu um fato que muitos dos que comandaram o CORINTHIANS sabiam, mas não exerciam na pratica que é a exploração da marca CORINTHIANS e com isso vem ganhando rios de dinheiro. É notório que antes de tomar qualquer decisão houve uma consulta e com tantos canais interessados na transmissão dos jogos, tenho certeza que o montante que pode lucrar será bem superior a miséria distribuída pelo clubinho ai.

O que vai acontecer daqui por diante?Só com o tempo vamos descobrir.

SIGA-NOS OS BONS!!

JÁ VAMOS SAIR TARDE!!

VAI CORINTHIANS!!

SNPSM: S4N74S NADA PODE SER MENOR: VITORIA, MAS SEM EUFORIA

SNPSM: S4N74S NADA PODE SER MENOR: VITORIA, MAS SEM EUFORIA

O CORINTHIANS novamente abateu o cardume de sardinhas do SNPSM (s4n74 NADA PODE SER MENOR) e saiu-se vitorioso e jogando muito bem, diga-se de passagem, mas não vejo motivo para euforia. Não sendo pessimista e nem tão pouco taxado de extremista, mas o time do CORINTHIANS com esse atual elenco é médio e só isso.

Não vejo hoje todos os que entram em campo, com a capacidade de serem titulares absolutos e incontestáveis em suas posições, ao contrario disso, se formos levar ao pé da letra, de titulares mesmo só uns 8 ou 7 podemos apontar sem erro. A maior preocupação em que o torcedor corinthiano tem que se preocupar e a diretoria também e com reposições de peças que foram vendidas e reforçar o elenco com bons jogadores e não com aqueles que vêem somente para compor elenco, porque desses temos aos montes.

A dúvida que surge no momento é de como será a preparação do time para o começo do campeonato Brasileiro e será que vamos novamente ter essa demora de planejamento e contratações que tivemos nesse inicio de ano?Espero que as cobranças e perdas que tivemos, possam demonstrar um pouco mais de responsabilidade entre os mandatários do TODO PODEROSO.

Faltam jogadores para repor alguns setores carentes do CORINTHIANS e a torcida espera sim por reposições, porque o desmanche não para, não para, não para no CORINTHIANS, por isso digo que não devemos ter a euforia e sim alegria por ganhar, mas com cautela.

Agora a homenagem prestada ao Ronaldo nada mais do que justa, porque apesar da pífia forma física do Fenômeno nesses fins de carreira, o cara foi um mito em campo e enquanto esteve motivado, jogou e ganhou títulos pelo CORINTHIANS, depois disso o dinheiro falou mais alto. Mas apesar de tudo isso, prefiro ter em mente os momentos fantásticos em campo, da Copa ganha, pelas jogadas magistrais que o vi realizar pela seleção, clubes e pelo CORINTHIANS. E principalmente já que estamos falando sobre o jogo contra o SNPSM, vamos lembrar o golaço de cobertura que ele fez no cardume de sardinhas, calando a torcidinha medíocre e arrancando aplausos do rei do futebol: FENOMENAL.

Valeu Ronaldo, mas vou continuar com o meu #prasemprecorinthians isso sim.

SNPSM: s4n73s NADA PODE SER MENOR JÁ TA VIRANDO ROTINA!

CHUPA NEYMALA, APESAR DE VOCÊ JOGAR BOLA: CHUPA NEYMALA!

#PRASEMPRECORINTHIANS!!!!

VAI CORINTHIANS!!

JOGAR NO CORINTHIANS

Jogar no CORINTHIANS realmente não é fácil e sabemos bem disso, mas é simples saber o que a TORCIDA FIEL deseja de cada um que ostenta o manto sagrado: somente raça e dedicação.

Não vivi os 23 anos sem títulos e muito menos nem senti na pele as chacotas e gozações dos invejosos e medíocres adversários, da mídia e imprensa vendida, e nem senti o êxtase da torcida após a conquista do campeonato paulista que deu fim ao jejum de títulos. Mas dá pra perceber por documentários a euforia que tomou conta da torcida e da festa descomunal que tivemos.

A mídia e a imprensa vendida, sem ter nada o que declarar por anos e anos, inventaram a tal de taça Libertadores da America para voltar com as chacotas e gozações em cima do TODO PODEROSO e infelizmente a FIEL torcida incorporou isso como uma obsessão e estamos aos poucos voltando ao cenário de anos atrás para delírio dos medíocres adversários. Não se esquecendo de dizer que esse campeonato que hoje é importantíssimo para todos no Brasil, há alguns anos atrás NENHUMA EQUIPE BRASILEIRA dava a mínima para a competição e como em um passe de mágica da noite para o dia, todo mundo começou a se importar. Engraçado não é mesmo?

A partir dessa obsessão, a raça e dedicação que a FIEL pede a cada jogador tornaram-se LEI e ninguém, digo e repito ninguém mesmo, admite molecagem, preguiça e falta de comprometimento com a camisa do CORINTHIANS e não pense que isso é só coisa de organizado que não é mesmo.

Infelizmente não sabemos aonde isso vai parar, mas uma coisa é certa: quando o CORINTHIANS ganhar essa bosta de torneio, a torcida vai parar a cidade e olhar para esses otários e cronistas esportivos e dizer: E ai amigo?E agora?Qual torneio vocês vão inventar para vender jornais com gozações em cima TIME DO POVO?

Excelente texto do Doutor Sócrates na CARTA CAPITAL que faço jus em reproduzir aqui:

O peso da camisa do Corinthians

Carta Capital – de 14 de fevereiro de 2011.

Jogar no Corinthians é diferente. Não é como uma paixão adolescente descartável, tampouco uma daquelas certezas que possuíamos naquela época. É amor inconteste, é a alma gêmea com a qual sonhamos desde que a testosterona toma conta do nosso ser. Jogar no Corinthians é respeitar uma cultura, um povo, uma nação. É ter em conta que em cada segundo de nossas vidas é para servir a uma causa e não para dela usufruir. Jogar no Corinthians é como ser convocado para a guerra irracional e jamais duvidar que ela é a mais importante de todas as que existiram. É ser sempre chamado a pensar como Marx, lutar como Napoleão, rezar como o dalai-lama, doar a vida a uma causa como Mandela e chorar como criança.
Chorar de puros sentimentos, daqueles que arrepiam ao simples tocar da pele. Chorar de raiva inexplicável, quando sabemos que somos mais fracos e impotentes. Jogar no Corinthians é ser como todos os que nos assistem, é sentir a dor lancinante de estar longe dos que amamos, é ter certeza que ali, em campo, representamos muitos que lutam cada segundo para sobreviver no mais inóspito mundo, onde são a todo o momento agredidos, massacrados e cuspidos.
Jogar no Corinthians é ter coragem de enfrentar a massa, de colocar a cara para debater, discutir e explicar. Para jogar no Corinthians, não há espaço para passeios nem relax, o amor ao clube não deixa dormir. É uma honra infinita e, como tal, exige respostas, exclama respeito e compromisso. Jogar no Corinthians é saber o que é ser brasileiro, é alimentar uma família e a si mesmo com um mísero tostão, é andar horas, séculos, milênios em vagões imundos e porcos, sem que uma única voz se levante para nos proteger ou ao menos nos defender. Jogar no Corinthians é ir ao banheiro mais sujo do mundo por amor a uma bandeira.
Essa paixão não permite fugas, esconderijos, falsidades. É necessário ter coragem de representar o que de mais rico nós temos e de apresentar mais que atestado de bons antecedentes. Jogar no Corinthians é possuir uma declaração de honraria, ainda que seja válida por poucas semanas. Não é só suar a camisa, é sangrar até a morte. É parar de respirar quando uma derrota nos derruba sem direito a desfibrilador algum. É nunca rir da desgraça que provocamos (até porque jamais saberemos o tamanho dela).
Jogar no Corinthians é colocar alma e coração antes do bolso ou do futuro, e colar o supercílio com uma cola qualquer quando ele se mete a chorar de dor vermelha. Jogar no Corinthians é adormecer com o filho querido, é sentir o pulsar de seu pequeno coração, é abreviar a dor quando ela se estabelece. É saber o que é a sociedade no pleno sentido da palavra.
Espera-se de quem joga no Corinthians uma postura altaneira e respeitosa, uma correção de conduta em relação aos anseios do povo que lá os coloca, endeusa, acaricia. Uma nação que tudo oferece aos jogadores que possam retribuir a confiança. Jogar no Corinthians exige um sentimento de brasilidade, de reconhecimento da extrema miscigenação existente nas arquibancadas, em cada mesa de bar, nos ônibus lotados de suor e sofrimento, para que se consiga responder às questões básicas colocadas na camisa alvinegra. Ser corintiano é, como disse o extraordinário Toquinho, “ser um pouco mais brasileiro”. Eu, por outro lado, digo: negros e brancos construindo uma nação.
Nada se compara ao Corinthians nesta terra chamada Brasil. Aqui, japoneses, árabes, mongóis, siberianos, italianos, bolivianos – além dos nordestinos – e até os originários de estados rivais se irmanam, dão-se as mãos, sofrem em comunhão. Gritam em êxtase a cada vitória por menos importante que seja, como se cada vizinho fosse mais que irmão, pai, mãe. Ou, quem sabe, ele seja realmente um representante de suas famílias distantes ou ausentes, inventando uma nova e substituta, formando uma gigantesca rede de genomas humanos com o mesmo DNA. Muitos não entendem a reação da torcida, mas é a que conhece.
Antigamente, se jogavam ovos e tomates nas péssimas apresentações artísticas. Hoje, jogam-se pedras, não nos artistas, e sim na falta de verdade na relação existente. E na instituição protegida pela armadura de um ou mais veículos e da guarda policial.

Por Sócrates – comentarista esportivo foi jogador de futebol do Corinthians, entre outros clubes, e da seleção brasileira.

Jogar aqui não e fácil realmente, mas a realidade é essa: NÃO ACEITAMOS VAGABUNDOS COM A CAMISA DO CORINTHIANS!!

ALÔ, ALÔ ROBERTOS CARLOS: FUGIU DO BRASIL DIZENDO QUE O MOTIVO ERAM AS AMEAÇAS DA FIEL A SUA INTEGRIDADE E A SUA FAMILIA E VOCE VAI JOGAR AONDE?ANZHI?EQUIPE RUSSA DO DANGUESTÃO?

NO ONDEQUISTÃO?QUEM?

UM LUGAR QUE SÓ ESSA SEMANA SOFREU DOIS ATENTADOS SUICIDAS DEIXANDO 4 MORTOS E 21 FERIDOS?

E MEU CARO AMIGO PIPOQUEIRO E MERCENÁRIO: NESSA PROVINCIA AI QUE A TRANQUILIDADE E PAZ É O LEMA DO LUGAR, VOCE VAI PODER PASSEAR TRANQUILO COM A SUA FAMILIA.

***** OU JOGA POR AMOR OU JOGA POR TERROR *****

VAI CORINTHIANS!!

A MENTIRA!

Vi esse texto e faço questão de reproduzir ele,porque fala a verdade sobre um assunto que sempre pensei.

Direto do blog ro RicaPerrone:

A maior mentira do mundo

Era uma vez o futebol. Neste esporte tão popular, um país se destacava e era conhecido como “o país do futebol”. Sua seleção era uma potência, seus jogadores verdadeiros extra-terrestres e sua torcida apaixonada.

Copas se passaram, este país se firmou como o maior de todos. Mas, sem rival em seu continente, tinha dificuldade em vender jornal nos anos “sem Copa”. E daí surge uma lenda que até hoje há quem acredite.

Estamos falando do Brasil, é claro.

E aqui, quando já tinhamos papado algumas Copas, a seleção já era a protagonista do futebol mundial, surge a necessidade de vender jornal nos 3 anos “sem Copa”.

E numa reunião de pauta surge a idéia: “Vamos inventar um rival, pois o Uruguai anda caidão. O que vocês acham da Argentina?”.

E com medo do chefe, o pouco respeito pela Colômbia e a fé no Uruguai abalada pela crise futebolistica no país, aceitam a idéia.

Desde então começam a pintar nossos vizinhos como rivais a altura. Dizem que nos odiamos, que eles são tão fortes quanto, e o povo acreditando…

A farsa ganha força quando, no mesmo momento, surge Maradona. Uma espécie de Lúcio Flávio com grife, só que drogado.

Ele faz meia duzia de gols naquele campeonato pior que várzea que tinha lá e vai pra Europa. Lá, carregado nas costas por Alemão e Careca, se torna ídolo.

A Copa de 78 é fundamental para confirmar a existência de futebol competitivo na Argentina. E eles não conseguem.

Mas, quando notam que estão decepcionando inclusive a mídia brasileira, resolvem comprar o goleiro do Peru, que toma 6 e entrega a Copa pros caras.

Pronto, o time que inventamos é campeão do mundo. Agora temos argumentos pra encher mais e mais a bola deles.

Com o ego inflado desde sempre, sabe-se lá porque, os argentinos não tem dificuldade em assumir a condição de “segundo piloto” da América do Sul. E nós, bobos, acreditando que achamos um rival a altura.

A Copa de 86 é uma das maiores vergonhas de todos os tempos. O tal time da mídia (brasileira) faz um gol de mão e consegue vaga nas semi, onde com 2 gols irregulares passa a final e ganha com um penalti não marcado a favor dos adversários.

Em sei lá quantos anos de existencia, note que os oito gols mais importantes da historia do futebol argentino são:

6 contra o Peru, com o goleiro comprado.
Um de mão contra a Inglaterra
E o gol mais bonito da historia do país, contra a Inglaterra, só que foi contra. O Maradona nao empurra aquela bola pro gol.

Enfim, puta várzea.

Vem a Copa de 90 e a farsa continua.

Pra eliminar o Brasil, eles DOPAM os jogadores em campo. Os deles? Não, pior! Os do Brasil.

São, de fato, únicos na arte de inventar formas de burlar o regulamento do jogo.

E assim, com 2 Copas irregulares e uma final que chegaram dopando rivais, se completa o ciclo argentino em Copas.

Sim, em todas as edições, foram apenas 3 vezes entre os 4 melhores. As 3 com “poréns” bem relevantes. (Em 1930 eles foram vice porque roubaram os EUA na semifinal. Fizeram 5 gols impedidos e o juiz deixou de dar 2 penaltis escandalosos pros EUA)

E assim, o mito ficou.

Até que, em 1989, o Brasil passa a jogar a Copa América com um time acima de 14 anos. Desde então, não por mero acaso, a tal Argentina nunca mais soube o que é ser campeã de alguma coisa no futebol profissional.

São 3 Copas com destaque, tendo cometido irregularidades em todas elas. São 20 anos sem ganhar nada, ainda assim continuam cheio de fãs na mídia brasileira.

O mundo respeita o futebol argentino pelo simples fato do Brasil dizer que eles são rivais. Você também teria medo se o Tyson disesse ter medo de um determinado sujeito.

A parceria imprensa brasileira e argentina não tem validade. O contrato é prorrogado automaticamente toda vez que um time deles vem aqui e vence um jogo fazendo 90 minutos de catimba e dando pontapés. Aí logo surge um pra dizer: “Eles são frios! Que lindo!”.

Frios e ruins de bola, diga-se. Pois quem sabe jogar bola não precisa da catimba, do dopping, da compra de adversários pra ser campeão.

Hoje, com Messi, o Iranildo deles, que faz gols no Getafe e vira Rei, vivem a mesma realidade de sempre.

Acham que tem “ótimos jogadores”, mas não tem. É tudo invenção da mídia brasileira, que inventou o Milito, um Val Baiano melhorado, e que nem titular no time é.

Tem o Tevez, que joga no super Manchester City. E chamam isso de seleção de ponta.

Fizeram uma Copa ridicula, como sempre. Sairam de lá goleados por 4×1, e quando o Brasil saiu por 2×1, a mesma imprensa chamou a argentina de “sensação da copa” e o Brasil de “fiasco”.

Nós inventamos um monstro e ele acreditou existir. Não existe.

O futebol argentino é uma união de arrogancia, catimba, força da imprensa e pontapés. E ainda assim, não ganham nada.

Com a ótima seleção sub 20 deles notamos que nos próximos 15 anos podemos ficar tranquilos, pois continuarão cheios de brasileiros baba ovo exaltando e não ganhando nada.

Esta seleção, de 2 Copas irregulares, uma final com dopping e nenhum título nos últimos 20 anos, segue protagonista.

Estes jogadores que, desde Maradona, sugeriram Ortega e Riquelme como ídolos internacionais, seguem achando que são competitivos e, segundo alguns, “mais faceis de vingar na Europa do que Brasileiros”.

Mas é claro!!!

Se você é brasileiro e vai pra Europa, quer voltar. Se você é argentino e consegue sair de lá, faz qualquer coisa pra não ter que voltar.

A farsa continua.

Em algumas semanas eles dirão que, mesmo nem tendo conseguido vaga pras Olimpíadas o tal do Youtube é o melhor jogador do torneio. E daqui 1 ano, quando marcarmos um amistoso com eles, a mídia vai descer a lenha no time brasileiro e exaltar os argentinos até dia do jogo, onde faremos aquele 3×0 tradicional que deixa todo mundo com cara de bobo.

Aí dirão: “O Brasil surpreendeu”.

E nós, que sabemos da verdade, cairemos na risada. De novo.

Nunca serão!

PS – Enquanto este post era feito, o goleiro da Colômbia Sub-20 recebeu um telefonema perguntando se a família dele precisava de alguma coisa…. Uma Ferrari, algo do tipo.

abs,
RicaPerrone

DISSE TUDO CARA!

CHUPA ARGENTINA!!

VAI CORINTHIANS!!

RONALDO FENÔMENO: FIM DE UMA CARREIRA FENOMENAL

RONALDO FENOMENO: FIM DE UMA CARREIRA FENOMENAL

 

Ronaldo aos 34 anos anunciou o fim de uma carreira brilhante no mundo futebolístico, carreira essa brilhante e vencedora, diga-se de passagem, mas impossibilitado por dores e seguidas lesões, juntamente com um problema de Hipotireoidismo, esta dando adeus ao que mais ele conseguia realizar com amor, que era o de jogar futebol.

Conseguia sim, mas a muito não estava correspondendo em campo e aqui mesmo cansei de disser que ele era PESO GORDO E MORTO e deveria deixar o CORINTHIANS. Mas não quero falar sobre isso e sim o quer ele representou ao futebol e o que representou para quem o viu jogar e realizar jogadas fantásticas e maravilhosas.

Desde que o Ronaldo chegou ao CORINTHIANS deixei claro que para mim ele é o maior jogador que vi jogar até o momento e sem demagogia nenhuma, não fazendo alusão por jogar no TODO PODEROSO, porque se ele estivesse em outro time reconheceria o fato do mesmo jeito: nos anos 90 ate meados de 2002 o FENÔMENO foi o maior em atividade para os amantes do bom futebol. Bi-campeão mundial, seguidos títulos internacionais, três vezes eleito o melhor do mundo, ele deixara um legado de genialidade e habilidade que demorará muito para que alguém o supere.

Há sim bons jogadores e habilidosos hoje, mas observando bem a genialidade do FENÔMENO e a explosão que ele possuía nos tempos áureos, ate hoje não vi ninguém chegar perto, certeza é que ele deixara saudades nos gramados do Brasil e do mundo todo. E o melhor de tudo é que a imagem que ele deixou é de um cara vencedor e isso o mundo reconhece. Já imaginaram se ele não tivesse as seguidas contusões o nível de futebol que ele chegaria?Dá para imaginar.

Batalhador e vencedor, dando a volta por cima sempre, e quando ninguém mais acreditava nele ele se superava e mostrava a todos que estava vivo e que a magia ainda permanecia em seus dribles, arrancadas, e o melhor de tudo que ele sabia fazer: gols. Mesmo em sua chegada ao CORINTHIANS após outra gravíssima contusão agora no outro joelho,quando ninguém mais acreditava em seu futebol,ele se superou e mostrou que motivado ainda era o melhor em atividade no Brasil.

Não há mais nada a dizer sobre o RONALDO porque seus gols e dribles falam por ele e depois de sua saída da seleção, ainda não tivemos uma referencia no Brasil, talvez o Neymar consiga suprir a sua ausência, ainda não sabemos, talvez consiga, mas só o tempo dirá.

Só temos que agradecer ao seu futebol que nos apresentou durante anos de forma brilhante e que consiga ter nos negócios, ou melhor, que consiga agenciar ótimos garotos em sua agencia igual à capacidade de ganhar títulos e renda nesses anos.

Agora #prasemprecorinthians?Para sempre CORINTHIANS sim, o clube, porque craques vêm, craques vão, apesar da fama e da carreira brilhante o CORINTHIANS segue e vencedor como sempre.

Serei CORINTHIANS
mesmo que a bola não entre,
mesmo que o Pacaembu se cale,
mesmo que o manto sagrado se desbote,
mesmo que a vitória esteja longe,
serei CORINTHIANS!
Seja longa a jornada,
seja dura a caminhada,
CORINTHIANS no peito e na alma,
no grito e nas palmas,
serei CORINTHIANS até morrer!”

#PRASEMPRECORINTHIANS O CLUBE E SEU LEGADO!

VAI CORINTHIANS!!

UM JÁ FOI: E NEM PASSE PERTO DO P.S.J

Bom, certo é que o grito da torcida vem dando resultados e pelo menos o pipoqueiro, o famoso levanta a meia da Copa de 2006, já pegou sua mala e cuia e saiu do CORINTHANS antes que o caldo entorna-se para ele. De todos os jogadores o mais inútil foi esse ser que sem prestigio nenhum deixa o futebol brasileiro novamente com a imagem arranhada, e será sempre lembrado pelo fatídico incidente na Copa e o medo de jogar contra o poderoso Desporte Tolima.

Do Gordo me pronunciarei quando o mesmo anunciar oficialmente a sua saída do futebol, porque sabemos que há muitos contratos em jogo e é melhor aguardar o anuncio oficial para ver o que ele pretende. Fato marcante é que de todos os que se afastaram após a eliminação da Pré L.A estão saindo um por um. Curioso não?Porque o Dentinho não joga se machucado ele não está?Acho muito improvável não ter nenhuma negociação envolvendo o atacante para que deixe o CORINTHIANS.

Sobre o empate de ontem um resultado normal e já esperado e ainda há quem solte fogos com o comando do EMPAT1XT1, uma seqüência incrível de invencibilidade e de empates nunca antes vistos. Vencer fora de casa para esse treinador deve ser luxo, porque nunca vi tanto medo de jogar no ataque.

Com a chegada do Liédson o CORINTHIANS enfim tem o centroavante que procurava, mas precisamos dar tempo para o entrosamento total e cobrar da diretoria reforços para a lateral, meio campo e ataque, porque o elenco não é tão limitado assim, mas ainda há algumas pecinhas ali que pelo amor Deus: não tem a mínima condição de jogar no CORINTHIANS.

ESTAMOS DE OLHO!!!

VAI CORINTHIANS!!