TITE: O FIM DE UM CICLO

Lembro-me no fatídico ano de 2005, ano esse que o CORINTHIANS selou uma das maiores vergonhas da sua historia de glorias que foi o contrato com a MSI, que o técnico Adenor Leonardo Bachi, conhecido como TITE se desligou do TODO PODEROSO e disse em bom som que o seu trabalho não havia terminado e que ele voltaria.

E voltou.

Voltou e fez historia: Paulista, Brasileiro, Libertadores, Mundial, Recopa.

Não contando títulos, mas sim o respeito e a hombridade que ele teve com todos os jogadores que treinou e o respeito à instituição CORINTHIANS: sendo correto ate o ultimo minuto.

É uma pena vê-lo ir e chegar Mano Menezes. Não que seja ruim profissional, o problema são as negociações nebulosas de jogadores que o mano sempre aparece envolvido.

Infelizmente por culpa assumida de alguns jogadores acomodados o TIMÃO esta nessa fase.

Já critiquei muito o Sr.Adenor: porem ele soube responder a altura com seu trabalho.

Mas o técnico TITE esta saindo do modo que todos esperavam: pela porta da frente e como esse ciclo se encerra, esperamos que venha outro melhor e mais vitorioso que esse.

Parabéns professor: a sua “treinabilidade” fez historia.

tite12

Ate logo.

E MANO: ABRE O OLHO!!

VAI CORINTHIANS!!

Escrito por: Charlinho!!

2 comentários sobre “TITE: O FIM DE UM CICLO

  1. Julio

    Único técnico brasileiro a ganhar, na sequência e de modo ascendente, Brasileirão, Libertinha e Mundial.

    Técnico mais vitorioso da história do Sport Club Corinthians Paulista.

    Segundo técnico que mais dirigiu o Corinthians, abaixo apenas do grande e inesquecível Oswaldo Brandão.

    Melhor técnico do Brasil.

    Um dos melhores caráteres da história do futebol brasileiro.

    O Corinthians perde um grande técnico.

    Perde por causa das intrigas externas, e, lamentável e principalmente, por causa das intrigas internas – intrigas criadas por conta do “business” e de interesses escusos.

    OS RESPONSÁVEIS PELA SAÍDA DO TITE AGIRAM CONTRA O BEM E OS INTERESSES CORINTHIANOS.

    Bastou um semestre sem conquistas, depois de quatro semestres gloriosos, para Tite ser dispensado, em ato que culminou um processo de fritura que incluiu ofensas sórdidas na internet (irmanando anticorinthianos, intrigueiros “da casa” e inocentes úteis).

    Note-se que Tite teve a sua saída definida com o time corinthiano ainda ostentando em sua camisa o escudeto da FIFA, na condição de atual campeão do mundo (além de atual campeão paulista e da Recopa).

    Note-se também que Tite teve a sua saída definida antes mesmo de selada a sorte do Corinthians no Brasileirão (o que levou seus detratores internos, apóstatas, a torcerem contra o Corinthians, pois se acontecesse uma improvável classificação para a Libertinha estariam em uma sinuca de bico, e mais desmoralizados ainda).

    Mestre Tite não merecia isso.

    Assim como aconteceu nesse domingo, nos derradeiros jogos nesse Brasileirão, Mestre Tite merece ser reverenciado, ovacionado, abraçado carinhosamente pelo torcedor corinthiano de todo o Brasil.

    Valeu, Mestre Tite!

    Muito obrigado!

    Eternamente, dentro dos nossos corações!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s